Saturday, December 12, 2009

Reflexao


Sou um dos estilhaços que repousa agora no chão da sala. Sou um pequeno vidro que reflecte o tecto e que corta ao mínimo deslize de mãos descuidadas. Sou a insónia que corrompe os pensamentos sou um cheiro a coisa escura, a coisa morta...Sinto que apodreci por dentro.

Thursday, December 10, 2009

E se os sinais estivessem lá? E se for apenas coincidência, mas uma das más? Só mesmo a perda ou o medo da perda nos faz olhar para o fundo do charco e ver o nosso reflexo... E tudo é vermelho, vermelho é a cor da ferida, a cor do medo.

http://www.youtube.com/watch?v=9wQrrIywsok

Monday, December 07, 2009

Carta ao blog

Meu estimado blog,
Não não és o Outro, não é verdade que morro de amores pelo Facebook e que passo lá hora quando digo que estou em reuniões. Não é mentira que não tenho andado a escrever muito menos pequenas linhas sobre o meu estado de espírito, tipo twitter. Não não és a minha puta onde só regresso quando tenho vontade de escrever. É isto da crise, são as voltas da vida, é a azáfama do Natal. Prometo que quando aterrar no Pacífico vai ser só nós os dois...eu e tu juntinhos, a beber cocktails nas águas cristalinas da Malásia, da Indonésia... até vamos ter tempo para juntos irmos visitar os templos budistas tal como te havia prometido quando nos conhecemos... Sabes que mais? lembraste que há um tempo, há uns anos te disse que a minha viagem perfeita seria em 2010 ao Japão?Não é que errei no país por uns kms?... Sim, eu e tu no pacífico, bem juntinhos ao equador...
(Toca o telefone)
- Tou, Facebook?Olá love...já há novos wall posts?Ok ok, mal m despache do blog vou já ter contigo!

Friday, November 13, 2009

um anuncio da minha infancia



Eu queria mas nunca tive :(

Monday, November 09, 2009

Fim de um livro



Há um mês que não escrevo...
Há mais de um mês que não ia à praia...
Há muito tempo que não fugia sozinha para me sentir realmente sozinha, entre o ribombar de cada onda, só eu e tu, eu e eu do outro lado do espelho, as perguntas e as outras perguntas...
Eu e eu e as quedas, as antecipações e a cara colada à area e aos restos trazidos pela maré e pelos pescadores domingueiros....
Sentei-me no areal sem pegadas, sob o céu que pronunciava chuva e o vento que trazia salpicos salgados... Eu, e eu, e um tu que esta sempre lá e que não responde...o meu eu calado...
Na mão Garcia Marquez até chegar à última página...Memória das minhas putas tristes lê-se na capa, edição de bolso que as letras que contem são iguais e este livro não aspira a ser preciosidade... Depois de ler rabisquei na capa a data de fim de consumo e uma nota ao autor, "Caro Gabriel sugiro que o livro se denomine memórias das minhas tristes putas, se bem que nem essas são de ninguém, apenas é comprado o tempo que se está dentro delas".

Sunday, October 11, 2009

Estou em crise

Crise de inspiração
Crise de tempo a mais
Crise de vontade a menos
Crise de passatempos
Crise de escrita
Crise de coisas
Crise de novidades
Crise de evolução
Crise de pessoas novas
Crise de ambição
Crise do passo em frente
Crise de crise
Estou até em crise de frases que não sejam crise
Se calhar não é bem Crise é mais défice
Défice de inspiração
Défice de tempo a mais
Défice de vontade a menos
Défice de passatempos
Défice de escrita
Défice de coisas
Défice de novidades
Défice de evolução
Défice de pessoas novas
Défice de ambição
Défice do passo em frente
Se calhar não é bem défice já que depois de consulta ao dicionário reparo que em muitas opções não se trata de um saldo negativo, de um excesso de despesa ou de um excesso de consumo.
Hum...se calhar é mesmo Crise de especulação!!!!
Especulação da inspiração
Especulação do tempo a mais
Especulação da vontade a menos
Especulação de passatempos
Especulação da escrita
Especulação de coisas
Especulação de novidades
Especulação da evolução
Especulação de pessoas novas
Especulação da ambição
Especulação do passo em frente
Acho que é mais especulação. Sim, definitivamente é mais isto!!!

Tuesday, September 29, 2009

Há filmes que despertam demónios... Há demónios que despertam filmes... Há demonios que se encontram e tudo desaba, até parece que o rádio vai tocando o que se sente e os olhos marejados inebriam o caminho que parece nunca mais acabar. Há vezes em que não sou eu são só os meus demónios.

Monday, September 21, 2009

LOST


Não sou propriamente precoce, bem sei, mas o que interessa é que descobri a série antes da ultima season. Em menos de 4 semanas vi 5 temporadas do LOST e tornei-me quase que uma perdida agora que não ha mais mistérios novos a descobrir, pelo menos não nos meses mais próximos. Apenas espero que esta espera seja curta, curta e compensadora já que há coisas que precisam de uma explicação, mas sem aliens please...

Sunday, September 13, 2009

Sim sou parva

Sim, não podiam deixar de estar aqui, sim representam a falte de lucidez que me amarinha e sim porque já vi estes videos em loop e ha sempre pormenores novos que me fazem rir.

Quem não sonhou ter esta declaração de amor?

Ou um beat com o seu nome, cujo videoclip se desenrola na cozinha?

Wednesday, September 09, 2009

A casa

Estou sentada na sala enquanto dormem. Tenho medo de os acordar. Por vezes acho que exagerei no martelar do teclado e faço pausas constantes até serem absorvidos pelos ruídos da casa.
As casas antigas parecem ter uma respiração que aparece no ranger das portas, no ganir das fechaduras ou de uma tábua do soalho. Ao fundo, se nos concentrarmos, conseguimos escutar a ladainha das gaivotas em mais um dia nervosamente cinzento, é o começo do Outono dizem eles.
Estas casas sempre me fascinaram, com as datas da construção cravadas na parede a tinta meio estalada da intempérie. Esta cheira a diário, aqueles diários com várias cores que têm um cheiro a perfume que não se desgasta com o passar dos anos.
Uma máquina de rebuçados, a abóbora, a couve e sei lá que outros legumes e vegetais que afinal são saladeiras e terrinas. O orgulho do antigo que já esteve em casa de quem já não está mais. O serpentear dos candelabros e os tantos livros que nos esperam no cimo da escada íngreme. Casa de conspiradores é o que me dizem que já foi. Também eu conspiro estas palavras para não ficarem cá dentro como tantas outras vezes. Estar aqui e ouvir os passos largos de alguém na calçada, as conversas sobre as marés ou sobre o raiar das manhãs faz-me regressar um pouco a casa.
O cheiro a peixe grelhado parece penetrar pelas frinchas das portas e janelas que dão para a rua. É ver-me a andar por aqui a absorver minunciosamente os cantinhos, as montras e a tentar adivinhar os pensamentos de cada um.
Engraçado como novas memórias são facilmente agarradas, violadas e sequestradas pelas antigas, como se ainda estivesse na antiga Vila de Sines.

Saturday, September 05, 2009

Lisboa - Matalascañas - Sevilha - Dos Hermanas - Cádiz - Gibraltar - La Línea de la Conception - Manilva - Mijas - Córdoba - Mazarron - Cartagena - Alicante - Les Gavines - Valencia - Tarragona - Barcelona - Solsona - Andorra la Vella - Encamp - Pas de la Casa - Lleida - Zaragoza - Madrid - Badajoz - Lisboa



Estive desaparecida deste blog 1 mês. Muitas foram as viagens de ida e volta ao Alentejo e ao Algarve. Mas, a que ainda me está na pele é a minha mais recente ida a Espanha. Continuo a não ser fã dos nuestros hermanos, são raros os sorrisos por aquelas bandas, mesmo quando se fala permanentemente em inglês.
Foi mesmo a vontade de viajar, com os pés no tablier, a janela aberta que deixava entrar os 40º da Andaluzia às 3 da tarde, o rádio a cantarolar músicas dos 80's e a Quechua de 2'' (que conseguimos montar em 4) no porta bagagens.
Todas as viagens me permitem escarafunchar esta vontade de me sentir livre e esta foi uma delas.
Vi tantas paisagens difrentes, fiz 3500km e aprendi que consigo adormecer em segundos. Foi tão bom escutar a Mary quando só faltavam uns metros para dar um mergulho no Mediterrâneo, mesmo que a praia tivesse areia lamacenta... Guardo tantas imagens cá dentro, certamente mais do que fotos... O surgir de Córdoba, as ruelas de Sevilha, o amanhecer sobre Barcelona com a Sagrada Família nas costas, o verde ensurdecedor de Andorra e como as nuvens e a montanha se fundiram só para nós em Pas de la Casa. Ás vezes fecho os olhos e regresso à chuvada dos Pirinéus, ouço e quase Sei de Cor o que adoras e volto a reler as páginas do Al Berto antes de se apontar para o meio da paisagem entre a janela e dizer "Olha ali, mais um".
Foi tão bom, ainda a sinto embrulhada pelo calor daquele fim de tarde em Mazarron naquela praia junto à estrada depois dos montes, o pior? É que temos que voltar para beber um Mojito... Vamos?

Saturday, August 01, 2009

Seal people get ready

Vi ontem este senhor ao vive no Cool Jazz Fest. Não sou a pessoa que sabe as musicas enm as letras de cor, mas que o senhor é boa onda é sim senhor. Good vibes e good feelings...gostei muito desta que encerrou o concerto.

"People Get Ready"
People get ready
There's a train a-coming
You don't need no baggage
You just get on board
All you need is faith
To hear the diesels humming
Don't need no ticket
You just thank the Lord

People get ready
For the train to Jordan
Picking up passengers
From coast to coast
Faith is the key
Open the doors
And board them
There's room for all
Among the loved the most

There ain't no room
for the hopeless sinner
Who would hurt
All mankind just
To save his own
Have pity on those
whose chances are thinner
Cause there's noHiding place
From the Kingdom's Throne

So people get ready
For the train a-comin'
You don't need no baggage
You just get on board
All you need is faith
To hear the diesels humming
Don't need no ticket
You just thank
You just thank the Lord

Yeah
Ooh....

I'm getting ready
I'm getting ready
This time
I'm ready
This time
I'm ready

Tuesday, July 28, 2009

Quero ir

QUERO QUERO QUERO QUERO QUERO QUERO QUERO QUERO QUERO!!!!!!!!Não importa para onde mas quero ir!!!!!!



Pode ser aqui...
Aqui...
Ou aqui...


Quero é ir!Vamos?

Sunday, July 26, 2009

Tradução da música anterior

"A culpa... a culpa carrego-a eu, tal como carrego os dias e os teus humores... A culpa...a culpa carrego-a eu, tal como carrego a tua vontade volátil e a tua mão... A culpa é minha bem sei, carrego-a eu, arrasto-a eu como te arrasto a ti para o que nem sabes se queres mas que sabes que não queres muito. A culpa é minha."

Por outras palavras

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
mais uma madrugada

Ninguém disse que o riso nos pertence
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
e morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que sabia arrancar sempre
mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
e morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

Friday, July 24, 2009

So queria que me segredassem ao ouvido e...



Ouço esta música e são tantas as imagens que me ocorrem, quase tantas como as lágrimas sem motivo, com algum motivo ou com motivos inventados..."some people wait a lifetime for a moment like this"

Wednesday, July 22, 2009

Sexo vs Kcal


É verão, e é nesta altura que se compram as mais variadas revistas para se folhear na praia. Comprei a saber viver e enquanto lia umas dicas para emagrecer, contar calorias e coisas do género deparei-me com o seguinte " 1,8 kcal por minuto é quanto se pode gastar durante o acto sexual". Então mas afinal é um mito que se gastam muitas calorias a "fazer o amorrrr"?
Na mesma revista se lê que 10 minutos a plantar equivalem a 40,6 kcal, fazer compras online equivalem a 15 kcal... Então a clicar no rato dispende-se mais energia do que a "espalhar magia"? Não pode ser... Se assim for os mais magros são geeks ou jardineiros, ou então os profissionais do sexo em paralelo à sua actividade de prestadores de serviços tambem cortam a relva e encomendam preservativos, lubrificantes e vibradores pela net, senão não conseguiam manter a linha...

Demónios interiores


"Sentei à minha mesa
os meus demónios interiores
falei-lhes com franqueza
dos meus piores temores
tratei-os com carinho
pus jarra de flores
abri o melhor vinho
trouxe amêndoas e licores
chamei-os pelo nome
quebrei a etiqueta
matei-lhes a sede e a fome
dei-lhes cabo da dieta
conheci bem cada um
pus de lado toda a farsa
abri a minha alma
como se fosse um comparsa
E no fim, já bem bebidos
demos abraços fraternos
saíram de mansinho
aos primeiros alvores
de copos bem erguidos
brindámos aos infernos
fizeram-se ao caminho
sem mágoas nem rancores
Adeus, foi um prazer!disseram a cantar
mantém a mesa posta
porque havemos de voltar "

a velhice ou o alentejo

"A velhice é quando há um homem agachado à lareira
com medo das bruxas
levar o bacio para a cama
e trazer o grog
ela vem nas cinzas
aquela que amou não pôde ser vencida
ou vencida não pôde ser amada
ou qualquer outro pesadelo
vem nas cinzas
como nessa velha luz
a sua face nas cinzas
essa velha luz de estrelas
de novo na terra"

Monday, July 20, 2009

Yankees vs Mariners

Na minha ida aos States decidimos tentar perceber a loucura dos americanos pelo baseball. A época ia a meio e era uma altura para tentarmos embrenhar-nos naquela paixão toda que aparece nos filmes.
O dia esteve optimo, dia esse que se diz terem aparecido nunvens com a cara do Michael Jackson no céu. O que apareceu lá para o fim da tarde enquanto vagueávamos pela Times Square foi mesmo uma brutal chuva. Foi mesmo daquelas trovoadas que aparecem exactamente no lugar e na hora errada. Fomos para o metro (que é sujo, extremamente quente e cheio de ratazanas) e chegamos encharcadas à porta do Yankee Stadium. O meu impermeável valeu-me de pouco, ainda para mais quando não pudemos entrar de mochilas e tivemos que andar mais tempo à chuva em busca de um cacifo. Voltamos para o estádio que até é bem giro e comprámos logo um cachorro quente (se era para viver aquilo, tinha que ser à americana)!!! O estádio estava vazio, descobrimos nós que por causa da chuva tinham adiado o jogo 1 hora...claro que todos menos nós sabiam do atraso...O resultado fomos nós sentadinhas 1 hora na bancada a tentar enxugar os ossos...
Finalmente começou o jogo e...como eu hei-de dizer, é chato!!!!O jogo tem muitas interrupções, não tem hora definida para acabar, os adeptos estão bem mais interessados em comer e beber e passavam a vida a levantar-se. Não havia a paixão, os gritos de apoio nem aquela energia que temos nos estádios de futebol. É verdade que não sabiamos as regras, mas a inércia daquele jogo tira qualquer vontade de aprender muito. A verdadeira emoção passa-se nos ecrãs do estádio, o verdadeiro movimento é a publicidade constante, os joguinhos sobre as estatisticas do clube... Se fosse um desporto a sério durava 2 horas e era sempre a correr, e eles não teriam aquela barriguinha a cair por cima das calças. Passadas 4 horas de pouca emoção e muito frio o jogo acabou e com ele a nossa paciência, soubémos depois que os fãs fervorosos assistem a Basketball ou ao Futebol Americano, demasiado tarde para nós, quem sabe para uma outra vez...

Thursday, July 16, 2009

Quando se descobre o que os outros pensam...


E quando se diz que há um clima e por aqui não aconteceu nada? E quando os sinais são mal interpretados...Será do Verão? Oh, por pena eu não consigo...

Saturday, July 11, 2009











Quero voltar....

Friday, July 10, 2009

Estados Unidos

Não sei o que dizer, como descrever as luzes, as imagens que passaram a morar cá dentro, não sei... Sei que adorei conhecer Nova Iorque e Los Angeles, sei que fiquei de boca aberta tantas vezes e desta vez nada teve a ver com castelos, nem com quadros nem com nada com mais de 3 séculos... Sei que aterrei em Lisboa e me pareceu tão rápido o regresso, tão prematuro...Voltei com mais vontade ainda de viajar e de voltar apesar de mais de metade de 1 dia ou até 1 dia inteiro de viagem...
Já posso dizer que estive noutro Continente... Fogo já tenho saudades, quero voltar... Alguém quer vir?

Monday, June 29, 2009

É hoje

Foram meses de espera, de procura de ansiedade, de nervoso miudinho, de frustração e daquela sensação que tudo pode dar errado no ultimo segundo... Talvez seja só impressão, ó friozinho na barriga da ansiedade e não da desgraça anunciada...
Vamos esquecer isso tudo!!!
O que interessa é que daqui a umas horas estarei nos Estados Unidos da América a aterrar na Big Apple. Estou com aquela sensação de barriga embrulhada e a vontade de já lá estar é gigante!!!!
Sonho com este dia há muito tempo...Não quero acreditar nas vozes pessimistas ou alarmistas que parecem agora morar cá dentro. Quero andar nas calmas pela Broadway, Soho, Harlem, Manhatan, Upper West sei lá!!!!Quero sentir a respiração da Cidade que nunca dorme na pele (e aqui não me refiro a percevejos), quero, quero ir a Nova Iorque da América. E já agora, só porque fica no mesmo país vou tambem dar um pulinho à outra costa e vou visitar Holywood e LA.
Beijinhos e ate ao meu regresso!!!

Friday, June 26, 2009

Michael Jackson



É nestes momentos em que as televisões abrem com a notícia da morte de uma estrela, ao invés de uma pessoa anónima e sem rosto, que a morte nos volta a lembrar que está ali à espreita na esquina.
Este é um dos meus ídolos de infância. Lembrar-me do Michael Jackson é lembrar-me dos autocolantes que me dava a dona Graça, lá do café e que eu com arte e perícia colei na minha pasta da música. Ainda hoje a guardo, e nela se podem ver o rosto de um Michael negro, em diversos stickers meio amarelecidos. Uns anos mais tarde já se vêem os actores do Bervely Hills 20210 e mais tarde ainda os de Baywatch.
Na minha teoria existiam 2 Jacksons o perfomer, o artista, o bailarino de excelência, o rei da pop, e um outro decadente, capa de escândalos, de uma mente conturbada com algo que nunca soube bem o que era, rei de um freak show. O primeiro para mim é o único que interessa, é dele que vou sentir falta. Estranho o para sempre...
Sei que para sempre (enquanto eu durar) ele vai continuar a fazer-se ouvir no meu ipod, vou continuar a não conseguir deixar de dar pulos a ouvir o Thriller, dançar ao som do Bad, gritar quando toca o Black or White, e abanar violentamente a cabeça enquanto nos meus phones passa o Smooth Criminal ou o Scream... Ao fim e ao cabo ele estará junto de mim como sempre esteve, através da sua música. É como se perdesse a caixa mas continuasse com o CD.
Quando os nossos ídolos de infância morrem, morre um pouco da nossa infância não é? Isso faz-me ter vontade de fazer loucuras para os ver uma vez ao vivo, antes do que pode ser sempre a sua última vez..
http://www.youtube.com/watch?v=5UO_F3I9gJE (um dos meus videos preferidos e um excelente vídeo)

Thursday, June 25, 2009

So...

Wednesday, June 24, 2009



É aqui que tenho passado as minhas tardes... Eu e um livro, simplesmente isso.
E esta é a figura que costumo fazer em lojas que vendem óculos de sol especiais, neste caso eu e Mia...as coisas que fotografo...

Tuesday, June 23, 2009

!!!

Já sei qual é o meu problema:
I care too much!Fuck fuck fuck, God Damn it. Always on the wrong side of the road!

Monday, June 22, 2009

Conversations

"She spent all her entire life being fat and feeling like one. One day, in the middle of the montly discussion she said to her:
-You know what, you dont't have a food issue, you have a love issue!
She said that and it clicked."

Se me perguntarem como tou



Tou o que me apetecer.
Não tou para isto.
Tou para quem quiser.
Tou ali na esquina.
Tou a ver se chove.
Tou a ladrar e a ver a caravana passar.
Tou que nem posso.
Tou na mesma.
Tou com uma dor na espinha.
Tou com vontade.
Tou a twittar.
Tou a fazer um quizz.
Tou offline.
Tou undercover.
Tou a ver se ah e tal, pardais ao ninho, punhetas de bacalhau.
Tou nas Bahamas, após o "bip" deixe mensagem.

Sunday, June 21, 2009

Vagabunda

Nestes dias de intensas tarefas (praia basicamente), confesso que de vez em quando me sinto uma Vagabunda tal como uma música do Chico Buarque...

Thursday, June 18, 2009

Ladies, genitals and hip hop



As coisas que se fazem e que chegam a uma pessoa enquanto se sacode o naperon à janela.

Wednesday, June 17, 2009

Bad Things

Acho que começo a ficar viciada na série e sem dúvida que esta música tem um quê que me enebria... será por causa de andar a ver tantos vampiros?



Só sei que:
I wanna do bad things with you.

When you came in the air went out.
And every shadow filled up with doubt.
I don't know who you think you are,
But before the night is through,
I wanna do bad things with you.

I'm the kind to sit up in his room.
Heart sick an' eyes filled up with blue.
I don't know what you've done to me,
But I know this much is true:
I wanna do bad things with you.

Ai

Quero muito ir e ao mesmo tempo não quero... Tenho medo, tenho receio, mas tenho vontade.
Fecho os olhos devagarinho e olho o relógio, olho o calendário e faço as contas... Volta aquele aperto no estômago, aquela revolta na barriga e aquela ansiedade, aquela que parece queimar.
Inspiro, expiro, adormeço e tento limpar a mente de qualquer imagem. Quem nada espera por nada sofre, é o que dizem muitas ideologias. Quem nada espera, com tudo se surpreende, e eu gosto de me surpreender, e que me surpreendam (o que não acontece com muita facilidade, uma vez por falta de tempo, outras por tê-lo em demasiado à excepção dos últimos segundos, aqueles que interessavam).
Acordo. Voltam os tiques, a impaciência na ponta dos dedos, o dia assustadoramente livre e solitário, correndo em direcção ao tal ponto marcado, por vezes demasiado depressa, é o que diz a ansiedade, outras demasiado devagar, é o que diz o aborrecimento.

Monday, June 15, 2009

nestes ultimos dias

Vi e revi estes filmes:







Nunca mais é quinta para estrearem coisas novas...

Saturday, June 13, 2009

Friday, June 12, 2009

Next Departure: Delayed


Sinto cá dentro um nervoso miudinho que me abraça apertadamente o estômago. Não é bem aquela sensação de nó, é mais aquela sensação de embrulho, género mistura entre ansiedade, nervosismo, medo e vontade de rasgar tudo!!!
Apetece-me fugir para uma daquelas praias desertas, mas passados cinco minutos lá estou eu à procura de uma voz para conversar nem que seja sobre a passagem do tempo e as agruras das tempestades em alto mar.
Apetece-me tanto ir ao aeroporto e escolher o próximo vôo a sair da Portela. Aquele cheiro a partidas, as horas a suspirar por uma viagem sem sobressaltos nem atrasos. Depois lutar contra mim mesma para sair do quarto, seguir o guia da American Express e procurar a melhor esplanada com o melhor café da zona. Estranho...é aquela mistura ténue entre a solidão e a companhia, aquele arranhar que parece premonitório... Não sei... Há qualquer coisa que me anda a abraçar o estômago...
Será que não vou partir antes dos previsto?

Monday, June 08, 2009

Thoughts

"Ás vezes sinto que sou uma formiga a coleccionar migalhas".
É isso, ou talvez não seja assim tão às vezes.

Friday, June 05, 2009

Jack and Miri make a porno


Vi este filme e quem quiser passar um bom momento go get it...
É o tradicional filme em que dois amigos se apaixonam, juntem isso, contas para pagar e um filme porno e shabang, temos filme!!!
Parecia era que eram poucas as pessoas que verdadeiramente estavam atentas ao filme...quiça fazendo os seus próprios filmes porno, talvez tenha perdido vários filmes, ou talvez não...

Thursday, June 04, 2009

As minhas canções fetiche da Disney

http://www.youtube.com/watch?v=CxIN79n4jVo&feature=related



O principe do Egipto - When you believe
Rei Leão- Hakuna Matata
Aladino - A whole new world
Pequea Sereira - Under the Sea
Analisando isto é tudo muito auto-ajuda e romanticozinho...O que será que isso significa? Será depressão pós-parto???

Tuesday, June 02, 2009

This sick mad son of a bitch

Alguém me diz porque é que eu nunca tinha visto este filme?
Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter juntos!!!
Loucura, insanidade, justiças,imundice, lodo, degredo, psicose, narcolepsia, demência, crime e sangue as I like it!!!
O argumento? deliciosamente cheio daquela loucura apodrecida entre os bocados mal cosidos de uma ferida....


"Tyler Durden: Man, I see in fight club the strongest and smartest men who've ever lived. I see all this potential, and I see squandering. God damn it, an entire generation pumping gas, waiting tables; slaves with white collars. Advertising has us chasing cars and clothes, working jobs we hate so we can buy shit we don't need. We're the middle children of history, man. No purpose or place. We have no Great War. No Great Depression. Our Great War's a spiritual war... our Great Depression is our lives. We've all been raised on television to believe that one day we'd all be millionaires, and movie gods, and rock stars. But we won't. And we're slowly learning that fact. And we're very, very pissed off. "

"Tyler Durden: Self - improvement is masturbation. Now self destruction..."

"Tyler Durden: Where'd you go, psycho boy?
Narrator: I felt like destroying something beautiful. "

"Narrator: When people think you're dying, they really, really listen to you, instead of just... Marla Singer: - instead of just waiting for their turn to speak? "

"Tyler Durden: We're a generation of men raised by women. I'm wondering if another woman is really the answer we need. "

Monday, June 01, 2009


Só me apetece estar aqui... Enquanto o barulho das ondas me massaja as ideias e me acalma a respiração até ao Zen...
Sem telefone, sem nada que escrever, sem ninguém... Só eu, um bom livro e uma camisola quente para quando o sol descer e embater no mar assinalando o fim de mais um dia, deixando apenas a pele arrepiada e a cabeça inundada de nostalgia...
Tenho medo de me perder um dia aqui, e mais ainda de me voltar a encontrar de novo, tal como as rochas que encontram a ausência do mar no fim da maré vazia...só elas e o musgo...
Elas e a lembrança do mar sem gente, da praia sem restos de ontem...

Friday, May 29, 2009

Dia da Visita do Carteiro


Era alto giro e espadaúdo e tinha um daqueles sorrisos que nos deixam meio a gaguejar. Ou se calhar até não...
Era este jarro feio, ou se calhar até não.
O que interessa nisto tudo? É que hoje foi o dia da visita do carteiro, e um da Fedex, fogo, muito "à la States"...

Thursday, May 28, 2009

Go Team or should I say Go Yankees

Tickets - Check
Hot Dog - check
Cap - Check
Coca-Cola - Check
Giant Glove - Check
Me - Check
Dani - Check


Homerun Please!!!!!!

Tuesday, May 26, 2009

Star Trek


Eu não sou nada fã de ficção científica, naves espaciais e aliens e coisas, mas já me tinham tanto falado do filme que decidi ir ver. Antes de dizer o que achei do filme há que reforçar que nomes como SS Enterprise, Spock ou Captain Kirk eram completamente vazios para mim e que o simples pensamento de homenzinhos verdes me agonia. Mas, lá fui eu e surpresa das surpresas, apesar do adiantado da hora, gostei do filme, dos efeitos especiais e até dos senhores com as orelhas em bico. Assim para quem como eu não pesca nada deste género, pode muito bem aventurar-se pelo Star Trek.

Friday, May 22, 2009

Dizem que

Dizem que o dificil é começar. Não é verdade! O difícil é começar, manter e continuar de novo, com um sorriso na boca como se fosse fácil, como se fosse bom, como se estivessemos felizes.
Dizem que te amo sem razão. Não é verdade! Apenas não sei de cor porque te escolhi sem tu me escolheres a mim.
Dizem que cortas os pulsos às escondidas. Não é verdade! Apenas caíste sobre as lâminas enquanto tomavas banho.
Dizem que quere café e um pastel de nata, assim sem canela. Não é verdade! Apenas não queres contrariar a rotina do senhor que te atende e nem sabes o nome.
Dizem que passa. Não é verdade! O que custa é o agora não o ontem.



On bended knee is no way to be free
lifting up an empty cup I ask silently
that all my destinations will accept the one that's me
so I can breath

Circles they grow and they swallow people whole
half their lives they say goodnight to wive's they'll never know
got a mind full of questions and a teacher in my soul
so it goes...

Don't come closer or I'll have to go
Holding me like gravity are places that pull
If ever there was someone to keep me at home
It would be you...


Everyone I come across in cages they bought
they think of me and my wandering
but I'm never what they thought
got my indignation but I'm pure in all my thoughts
I'm alive...

Wind in my hair, I feel part of everywhere
underneath my being is a road that disappeared
late at night I hear the trees
they're singing with the dead
overhead...

Leave it to me as I find a way to be
consider me a satelite for ever orbiting
I knew all the rules but the rules did not know me
guaranteed...

Wednesday, May 20, 2009

Monday, May 18, 2009

Já não estou em pulgas à espera...

Agora só estou em pulgas para ter tempo para eles.

Sunday, May 17, 2009

Será que...

"Alguém tem ?"

Friday, May 15, 2009

Coisas que se descobrem quando se escrevem fitas

"As palavras quando estéreis de sentimento ou de passado tornam-se inúteis"

Movie Time

Fui ontem à estreia do Anjos e Demónios, sim é verdade!
Há que esclarecer que eu sou a pessoa que leu este e o Código Da Vinci e até acho que o senhor sabe prender bem a atenção do leitor. Confesso que prefiro largamente o livro que originou este filme, do que a grande sensação do Código pois tem mais trama e twists, se bem que o fim...
Vi o Código da Vinci em filme e fiquei largamente desapontada, daí que as exepectativas para este eram bem reduzidas, mas até acabei por gostar. Talvez tenha ajudado o facto de conhecer a maioria dos sítios onde se passa a trama (à excepção da Igreija della Vittoria e do Castel Sant'Angel!!!) Este filme está mais bem conseguido, e até o fim foi melhorado (mas continua a ser um pouco colado a cuspo). Chamo à atenção para os efeitos especiais do céu que fazem lembrar a própria Capela Sistina.
Há coisas que ficam no ar, como o facto de não imaginar que a magnífica Fontana de Quattro Fiumi ser tão funda, como eles terem conseguido filmar na Cidade do Vaticano e como duvidar que tenham ido aos arquivos.
De resto até é um filme que se vê bem, embora nada de distintas performances dos actores.

Thursday, May 14, 2009

Thursday, May 07, 2009

Os passos atrás sempre me deixaram abespinhada... E se depois do beijo já não fizer sentido? E depois do sexo no sofá da sala? E depois dos olhares intensos e dos toques voluptuosos por baixo da roupa?
Como se depois diz que afinal é melhor como antes? Afinal é melhor sermos só amigos e ignorar que a tua lingua já esteve dentro da minha boca e não só...

Tuesday, May 05, 2009

Monday, May 04, 2009